Segurança de trabalho é o elemento fundamental em qualquer tipo de serviço ou atividade profissional, e quando se trata de eletricidade, a atenção com esse elemento tem que ser ainda maior. Essa é uma questão tão fundamental que  o Ministério do Trabalho e Emprego do Brasil estabelece uma série de requisitos e condições para o exercício desse tipo de trabalho: A Norma Regulamentadora 10, ou NR-10.

Entre várias das características da NR-10 existem algumas que merecem destaque, já que muitas vezes é exigido o conhecimento atualizado sobre essa norma para o mercado de trabalho e para o exercício da atividade profissional que lida com eletricidade. Segue abaixo uma lista com alguns detalhes sobre a NR-10:

Devido à sua importância e à quantidade de orientações que a NR-10 apresenta, existem cursos sobre a norma voltados para o exercício profissional que envolve a eletricidade, sendo exigido pelo mercado de trabalho para seleção de candidatos e profissionais.

Ela é uma norma completa e que deve ser aplicada em todas as fases de distribuição e consumo de energia e em todas as etapas de obras e trabalhos diretamente relacionados ou nas proximidades de instalações elétricas.

O descumprimento da NR-10 gera ações cíveis e penais a todos os envolvidos em trabalhos com eletricidade, como manutenções, serviços, instalações, entre outros. O que gera o não Cumprimento da NR-10 é homicídio simples, morte de um homem por ação ou omissão voluntária de outro homem, perigo de vida ou expor a vida de outrem a perigo direto ou iminente.

Também, em caso de descumprimento dos itens previstos na norma, as multas a serem aplicadas aos responsáveis pela sua implementação variam entre mil e doze mil reais.

A norma prevê que todos os detalhes das instalações elétricas devem ser mantidos e atualizados, com as especificações do sistema de aterramento e dos equipamentos ou dispositivos de proteção.

São previstas diversas medidas de proteção na NR-10, e elas se dividem em medidas específicas tanto para o exercício do trabalho em grupo quanto para o individual.

Utilização de adornos pessoais são vedados pela norma em trabalhos com rede elétrica ou sem suas proximidades. A NR-10 prevê também que as roupas e equipamentos também devem ser adequadas à atividade, devendo contemplar, por exemplo, condutibilidade, inflamabilidade e influências eletromagnéticas.

Os custos para manter uma instalação ou equipe própria em conformidade com a NR-10 podem ficar maiores devido às exigências da norma em alguns casos. Um exemplo disso é a cabine, que requer dois profissionais qualificados com curso NR-10 e equipados com EPIs (roupas, bastão de manobra, luva classe 2, capacete com viseira), ferramentas, equipamentos (Meghômetro, DTR, Terrômetro, Microhmímetro, Hi Pot), locação de gerador, análise de óleo, exames admissionais, seguros, etc. Nesse caso existe a possibilidade de contratação de uma empresa para que ela se responsabilize por esses requerimentos, serviço oferecido pela Polis Engenharia. Além da confiabilidade quanto à conformidade com a NR-10, o custo mensal para a empresa fica de 80 a 85% menor do que se ela fosse manter uma equipe própria.

A NR-10 é a norma que garante a saúde e a proteção dos profissionais que trabalham com eletricidade. Por isso, é crucial o seu conhecimento, implementação e cumprimento, evitando, dessa forma, acidentes e mortalidade no ambiente de trabalho. A Polis Engenharia oferece os serviços de adequação de NR-10 (consultoria com projetos, cursos e demais trabalhos necessários) para que assim sua empresa tenha segurança e permaneça em conformidade com a norma.